Pele

Pele: máscaras faciais caseiras

Sabemos que na correria do dia a dia deixamos alguns cuidados de lado, então reunimos quatro receitas de máscaras faciais para você manter a saúde da pele e uma melhor aparência. A matéria prima para o preparo das máscaras, são produtos encontrados na despensa da cozinha. Confira:

Para absorver a oleosidade da pele:
– 2 colheres (sopa) de amido de milho
– Água suficiente para criar uma pasta
Aplique no rosto fazendo movimentos circulares e espere secar por cerca de 10 a 15 minutos.
Retire suavemente o produto

Para acalmar a pele:
– 1 colher (sopa) de aveia
– 3 colheres (sopa) de chá de camomila frio
– 1 colher (sopa) de argila (vendida em farmácias de manipulação ou homeopatia)
Aplique no rosto fazendo movimentos circulares e espere secar por cerca de 10 a 15 minutos.
Retire suavemente o produto.

Para fechar os poros:
– 1 xícara de aveia
– 1 colher (sopa) de iogurte desnatado
– ½ pepino sem casca
Bater tudo no liquidificar e aplicar no rosto.
Deixar por cerca de 15 minutos  e retirar completamente o produto.

Efeito Cinderela e esfoliação:
– 1 clara de ovo
– 2 colheres (sopa) de fubá
Aplicar no rosto e deixar endurecer.
Para retirar, molhe o rosto e faça a esfoliação com movimentos circulares.


A luz do celular pode envelhecer sua pele!

Há muitos estudos que comprovam que a luz do celular e do computador podem prejudicar o sono e a visão. Recentemente a Unilever Skincare Research publicou um estudo onde foi comprovado que quatro dias na frente do computador equivalem a 20 minutos de exposição ao sol do meio-dia.

A luz azul da tela  de alguns aparelhos, segundo a pesquisa, podem penetrar na pele em um nível mais profundo do que os raios UV, podendo ocasionar manchas de idade, melasma leve e linhas finas.

A melhor prevenção para estes danos que surgem ao longo do tempo é evitar ficar longos períodos em frente aos gadgets. Alguns aparelhos possuem opção de alterar a cor emitida pela tela, reduzindo assim a exposição. Lembre-se sempre de usar protetor solar durante o dia, que é a melhor fonte de proteção.


Picnogenol a tendência da dermatologia

O picnogenol foi descoberto e patenteado pelo francês Jacques Masquelier. A substância é extraída do pinheiro-marítimo, árvore encontrada no sudoeste da França . A dermatologista Samanta Nunes explica que prescreve aos seus pacientes para complementar o tratamento tópico. “Além da função antimanchas, ele é um poderoso anti-inflamatório e um superantioxidante, que regula a produção de radicais livres, os grandes responsáveis pelo envelhecimento e doenças”, diz a dermato. 

No Brasil o picnogenol é encontrado apenas em formulação ou manipulado, destinado ao tratamento de problemas vasculares e edema dos membros inferiores. Há outros picnogenóis que são extraídos de semente das frutas, como a da uva. A substância que citamos nesta postagem é extraído dos pinheiros-marítimos franceses.  


Todos cuidados para cada tipo de pele

Para uma pele saudável um dos principais passos é a higiene, por conta de poluentes em geral e agentes infectantes que podem se acumular no decorrer do dia. A pele do rosto necessita de limpeza pela manhã e à noite. O acumulo de sujeira leva a obstrução dos poros e favorece o aparecimento de cravos e espinhas, além de contribuir para o envelhecimento precoce.
Recomenda-se a busca pelo sabonete que adeque a seu tipo de pele, a preferencia é para os líquidos. Pele oleosa e mista é ideal um sabonete a base de ingredientes adstringentes que favorecem a desobstrução dos poros. Pele normal e seca a indicação é para o uso de sabonetes líquidos com o pH neutro e complementar com loção ou leite de limpeza.
Os tônicos ajudam a remover resíduos que o sabonete pode ter deixado durante a limpeza. Pode ser utilizado para a remoção de maquiagem.
Fonte de pesquisa: Sociedade Brasileira de Dermatologia – 31 de Julho de 2017 às 10h29.